Mútua Rede de Reciprocidade


Propriedade rural em Cerro Grande do Sul, Rio Grande do Sul – foto de Ze Paiva – Vista Imagens


A Família Renz é o Carlos, a Laura e o Catriel, eles são de Cerro Grande do Sul e inicialmente se dedicavam a plantação de fumo. Com o passar do tempo a Laura desenvolveu um cancêr, o que fez com que ela tirasse parte do estômago. A possibilidade de perda da sua matriarca por questões de saúde, fez com que eles despertassem e se dessem conta que esta não era mais uma opção: plantar com veneno.

Decidiram mudar o modo de vida, e ao invés de vir para a cidade, eles encontraram num grupo já estabelecido na agroecologia, a Astrarsul, o apoio para fazer a transição e começar o plantio orgânico em sua propriedade. Desde então, as terras ficaram por alguns anos sem cultivo para que pudesse descansar. Faz 5 anos que eles produzem alimentos orgânicos certificados e comercializavam sua produção na Quintanda, a feira do IPA. .

“A gente deixou de plantar um cultivo que mata muitas pessoas, que envenena a terra, para produzir o remédio, pois a alimentação saudável e o cuidado com a terra sem veneno produz saúde” nos conta o Carlos Renz.



A maior parte das alfaces, rúculas, beterrabas, cenouras, ervilhas torta, e quase tudo que é de horta, que compõem as cestas dos nossos parceiros urbanos, vem da Família Renz!

Propriedade rural em Cerro Grande do Sul, Rio Grande do Sul – foto de Ze Paiva – Vista Imagens
Propriedade rural em Cerro Grande do Sul, Rio Grande do Sul – foto de Ze Paiva – Vista Imagens

Publicações Recentes